Histórico e infraestrutura

O Laboratório Multiusuário de Espectrometria de Massas do Laboratório Central de Biologia Molecular Estrutural (LabMMass/CEBIME/UFSC) atua desde 2011 na fronteira do conhecimento aliando um conjunto de instrumentos, técnicas, softwares e banco de dados que permitem a realização de análises de alta complexidade e tecnologia nas mais diversas áreas do conhecimento.

O Laboratório Multiusuário de Espectrometria de Massas tem criado vínculo com os grupos de pesquisa dos mais diversos programas de pós-graduação da UFSC e de outras instituições constituindo um sistema de suporte experimental para os pesquisadores auxiliando-os na comprovação de hipóteses científicas de dissertações, teses e demais pesquisas resultando em publicações científicas de alto nível. Somente no ano de 2017 80 trabalhos científicos foram publicados com o auxílio da plataforma e o número de publicações seria maior se não fosse o período em que as máquinas ficaram indisponíveis para uso devido à falta de recursos para manutenção. Os equipamentos desta plataforma representam o que existe como estado da arte em centros de pesquisa de alto nível no país sendo imprescindível mantê-los em perfeito funcionamento com planos de manutenção preventiva para que possam continuar cumprindo sua função primordial de criar vínculo com as instituições de pesquisa nacionais e internacionais.

A aquisição dos equipamentos que compõem a infraestrutura do Laboratório Multiusuário de Espectrometria de Massas alocado no CEBIME foi possibilitada através de recursos do CT-INFRA, com projetos FINEP/MCT Genoprot (que financiou 50% do prédio), FAPESC, CNPq Pesquisa, The Academy of Sciences for The Developing World, International Foundation for Sciences, PADCTIIISBIO, Instituto Milênio de Biologia Estrutural e Bioimagem, INCT de Biologia Estrutural e Bioimagem, CAPES Pró-Equipamentos, dentre outros. Alguns dos convênios  que possibilitaram a compra dos equipamentos de grande porte: FINEP 032/2007 – convênio 01.06.1188.00 FAPEU 28/12/2006 a 28/06/2012 contrapartida pela FUNDAÇÃO DE APOIO A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA; FINEP 226/2006 – convênio 01.06.1188.00 FAPEU 28/12/2006 a 28/06/2012 – FINEP; FINEP 214/2007 – convenio 01.070.332.00 – FAPEU – 14/09/2007 a 14/07/2011 e FINEP 309/2007 – convênio 01.07.0528.00 – FAPEU.

Os equipamentos instalados na plataforma têm ajudado diferentes grupos de pesquisa da instituição e do país a desenvolver novas estratégias analíticas, novas técnicas de análise, e principalmente atingir um alto grau de complexidade nos resultados experimentais capazes de permitir a divulgação destes em revistas de altíssimo impacto.

O LabMMass forma recursos humanos constantemente e favorece a formação em outros departamentos da UFSC e usuários. Dezenas de mestrandos, doutorandos, pós-doutorandos e pesquisadores passam por nossas instalações e se beneficiam do ambiente de pesquisa e prestação de serviços especializados. Periodicamente oferece aulas em cursos de pós-graduação e graduação em temas correlatos às atividades desenvolvidas no LabMMass. Cursos de extensão e ensino internacionais, como aqueles patrocinados pelo CABBIO-Centro Latino-Americano de Biotecnologia, há pouco conhecido como Centro Brasileiro-Argentino de Biotecnologia, também são oferecidos com apoio de nossas instalações.

A UFSC apoia fortemente o Laboratório Multiusuário de Espectrometria de Massas busca sua integração cada vez maior nos campos principalmente da pesquisa e formação de recursos humanos, assim como na prestação de serviços para a comunidade interna e externa à UFSC. A busca por parceiros e colaboradores internacionais é incessante e tem proporcionado um incremento importante na qualidade de nossas análises, estratégias de pesquisa e prestação de serviços.

Dessa maneira o LabMMass beneficia o ensino e extensão oferecendo os instrumentos de análise disponíveis em sua estrutura para uso da comunidade acadêmica e de empresas de qualquer área do conhecimento, seja local, nacional ou internacional.

INFRAESTRUTURA

O LabMMass disponibiliza três espectrômetros de massas: Autoflex III smartbeam MALDI TOF/TOF, um Amazon X Ion Trap e um micrOTOFQ II (Bruker Daltonics) acoplados a cromatógrafos líquidos UFLC (Shimadzu) para análises de LCMS. Aos equipamentos estão conectados computadores desktop HP com sistema operacional Windows XP com os softwares Flex control (aquisição de dados), Flex Analysis (análise dos dados), Biotools (análise de dados) e Mascot Server (identificação de proteínas).

Além dos espectrômetros de massas há outros equipamentos multiusuários adquiridos com recursos de projetos institucionais como o Microcalorímetro Microcal VP ITC (Malvern) – Pró-Equipamentos CAPES, Espectropolarímetro de dicroísmo Circular J815 (Jasco) – FINEP GENOPROT, Sistema de purificação de água Destilada, Deionizada e Ultrapura (Millipore) e Sistema de Fotodocumentação Gel logic200 (Kodak).

O centro também oferece uma ampla plataforma de instrumentos, muitos adquiridos com recursos de projetos institucionais, nas mais diversas técnicas que em conjunto contribuem para o desenvolvimento de protocolos de análise específicos para cada tipo de projeto: Ultracentrífuga CP-80W (Hitachi), Centrífuga HighSpeed CR-21GII (Hitachi),   Cromatógrafos líquido de alta eficiência HPLC AKTA (GE – Akta Basic e Akta Purifier), Scanner de fluorescência Typhoon Fla 9000 (Fujifilm), Leitor de placas UV-Vis (Thermo Scientific), Ultrafreezeres -80°C (ThermoFisher e Coldlab), Ressonância plasmônica de superfície SPR (SensiQ), Espectrofluorímetro (Agilent), Espectrofotômetros UV VIS (Hitachi e Amershan ) e Concentrator 5305 (Eppendorf).

Histórico da Obra

Localização

PORTARIA NORMATIVA N°S 74 /2016/GR – Portaria Normativa de 2 maio de 2016 Portaria Dispõe sobre as normas para a criação, o registro e o funcionamento de laboratórios de pesquisa multiusuários setoriais e centrais na Universidade Federal de Santa Catarina.